Uveítes

Uveítes caracteriza um processo inflamatório no tecido uveal (íris, coróide e corpo ciliar). Porém pode englobar outras doenças como retina, esclera, córnea, câmara anterior, etc.
Etiologia
  • endógena: outras partes do corpo
  • exógena: trauma/perfuração/iatrogenia/cirurgia
Curso Clínico
  • agudas
    • início abrupto
    • até 3 meses
    • cessa após crise
  • crônicas
    • insidioso
    • mais de 6 semanas
    • recidivante/contínuo
Localização
  • Anterior
    • segmento anterior
    • hiperemia conjuntival
    • Flare
    • células CA
    • precipitados ceráticos (PKs)
    • alterções na Íris
    • Celularidade discreta no vítreo anterior
    • Nomeia conforme local acometido: eclero-uveite, cerato-uveite, irite, iridociclite
  • Posterior
    • Retina e Coróide
    • Focal ou Mutifocal
  • Intermediária
    • Retina periférica e Corpo Vítreo
    • curso crônico
    • precipitados corpo vítreo anterior “Snow Balls”
    • Acúmulo detritos e células inflamatórias na pars plana e ora serrata “Snow Bank”
  • Difusa
    • toda trato uveal
    • baixa acuidade visual importante
  • Esclerite e vasculite retiniana estão frequentemente associadas a doenças que causam uveites (posterior e difusas) relacionadas ao tecido conectivo (colagenoses)
Aspecto Clínico
  • Uveíte Granulomatosa
    • PKs mutton-fats ~ crônicos -> grandes e acinzentados (conglomerado de macrofago e linfócitos)
    • nódulos de iris e granulomas de coróide são mais específicos de doença granulomatosa que PKs
  • Uveíte Não-granulomatoso
    • PKs agudos (mesmo em doenças crônicas e granulomatosas) = finos e brancos (neutrófilos, linfócitos e pigmentos) -> mais comuns
Lateralidade – necessita acompanhamento para saber se uni ou bilateral
  • Unilateral: parasita, corpo estranho, pos op, necrose retiniana aguda.
  • Bilaterais: Behçet e sarcoidose raramente são unilaterais.
Sintomas:
  • Dor: espasmo ciliar(estimulo trigemio) -> cicloplegia melhora sintomas
  • Fotofobia: espasmo ciliar -> cicloplegia melhora sintomas (lacrimejamento reflexo estimulo trigemio)
  • Embaçamento Visual -> turvacao meios, alteracao retina ou Nervo Optico
  • Outros Sintomas:
    • Ulcera Labial: Behçet
    • Alopecia Areata: SVKH
Exame do Paciente
  • Acuidade Visual -> importante no acompanhamento do paciente
  • Sensibilidade ao contraste -> mais precoce que baixa da acuidade visual
  • Interferometria -> permite avaliar se perda visual é devida aos meios opticos ou de retina e nervo optico
  • PAM – Acuidade Visual Potencial – orifícios raio 0,1mm – usado para potencial AV em pacientes com catarata ou doenças corneanas – melhor se dilatada – menos falso positivo que interferencia de franjas (interferometria)